gravidez

26 fev 2017

Gravidez não é doença, mas é debilitante!

Post por Isabela Kanupp às 13:26 em Feminismo, Maternidade
gravidez 2

Muitos já conhecem história de como eu descobri a minha gravidez, basicamente, descobri com 24 semanas. Uma gravidez que aconteceu por falha no anticoncepcional e que foi “assintomática”. A realidade é que os poucos sintomas que eu senti no início da gravidez, eu associei com outros fatos, até mesmo porque era i m p o s s i v e l eu estar grávida, afinal, tomava anticoncepcional. Mesmo tendo associado […]

21 set 2016

Vá com calma, porque vai passar.

Post por Isabela Kanupp às 23:39 em Maternidade
tempo

Existe uma cobrança gigantesca na nossa sociedade para que sejamos mães perfeitas. Isso começa desde a gravidez: você tem que estar ali dentro da caixa do que todos esperam de você! Tem que tomar cuidado, mas também não pode fazer “corpo mole” porque “gravidez não é doença”. Tem que estar completamente feliz e animada. Tem que falar com a barriga. Tem que cantar para a barriga. E se por acaso, […]

22 jan 2016

Não se afaste da sua amiga grávida.

Post por Isabela Kanupp às 20:56 em Feminismo, Maternidade
pregnancy

No ensino médio eu tive uma grande amiga: estudávamos juntas, matávamos aulas juntas, bebíamos juntas. É, eu não fui um exemplo de filha adolescente. E um dia essa amiga me contou que estava grávida do namorado, eu não lembro como foi minha reação, mas eu sei que naquela época começamos a nos afastar. Eu não sabia como agir naquela situação, eu não sabia ser amiga de uma grávida. Os mundos […]

09 jun 2014

Vamos falar sobre sexo? – Sobre a sexualidade das mina!

Post por Isabela Kanupp às 14:44 em Feminismo
masturbação2

Eu recebo alguns e-mails de umas meninas adolescentes. É algo que eu jamais esperava e é um público que eu realmente não imaginava atingir. Mas talvez por eu ser ainda… jovem (oi gente, sou jovem!), escrever de uma forma acessível e ao mesmo tempo ser mãe (sim gente, tem uma relação bizarra nisso que ainda não consigo explicar), eu recebo esses e-mails. São meninas de 14 a 17 anos, geralmente […]